EmpreendedorismoEmpreendimentos Inclusivos

Empreendimentos Inclusivos são negócios que visam a promoção do bem-estar e da melhoria da qualidade de vida das pessoas com necessidades alimentares especiais. Esta é uma definição bastante ampla que pode contemplar atividades de diversos setores e naturezas, tais como, alimentação (panificação, confeitaria, restaurantes, padarias, brigaderias, brownerias, congelados, buffet), entre outros produtos e serviços.⠀

Um Empreendimento Inclusivo é bem-sucedido quando consegue entregar ao consumidor final um serviço e produto com duas características essenciais: em primeiro lugar, o produto deve ser seguro, de qualidade e satisfazer aquela necessidade imediata do consumidor. Todavia, um Empreendimento Inclusivo vai além da entrega física do produto, pois deve contemplar também um espírito de acolhimento e empatia. Mas ao lado da dimensão da inclusão, tais empreendimentos são negócios e, na condição de atividade econômica, devem observar também a dimensão da sustentabilidade financeira. Este é um fato importante, pois grande parte dos negócios nascem de uma motivação de cunho pessoal e guardam íntima relação com a historia de vida de seus fundadores. Além disso, possuem um conjunto de custos específicos que devem abarcar todas as etapas da cadeia de produção, desde a aquisição da matéria prima – processo produtivo, funcionários e colaboradores – higienização – embalagem – armazenamento e transporte.⠀

A viabilização de um Empreendimento Inclusivo depende, portanto, de uma visão da atividade empresarial que reconheça a importância de um equilíbrio entre o raciocínio econômico que impõe uma análise de custo-benefício e sensibilidade em se promover a inclusão de forma verdadeira e autêntica. Tal como uma boa receita, um Empreendimento Inclusivo depende do equilíbrio entre sensibilidade e precisão.⠀

Autora: Carla Maia

1 comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário